PRESS

Artigo originalmente publicado no portal jurídico Conjur em 17 de janeiro de 2016.

Por Guilherme Champs Castro Borges

Recentemente, a Receita Federal do Brasil tentou dirimir, por meio do Ato Declaratório Interpretativo 8, dúvidas acerca da incidência da alíquota de 4,5% de PIS e Cofins sobre as empresas que recebem pagamento por exportações em moeda estrangeira, mantendo o capital no exterior e o contabilizando como variação cambial positiva.

É consenso que a Constituição Federal de 1988 foi clara no sentido de desonerar a atividade exportadora com o propósito de aumentar a competitividade dos produtos brasileiros no mercado internacional.

Porta...

Please reload

"Não quero um advogado para me dizer o que eu não posso fazer. Eu o contrato
para dizer como fazer o que eu quero fazer"

John Pierpont Morgan

©2020 Champs Corporate Law. Todos os direitos reservados.